7 February 2009

Cidade à Beira-Lua



I
(Overcome at the face of horrified screams, pouring randomly from mouths of machines, calling for help inside, for now where once souls would have been they cracked the mechanical dream.)

Onde os leões choram
E nascem os sonhos
Persistimos.

Aqueles que se vão
Escondidos são
Profundo nos segredos da terra.

Peguei numa ilha
E construí-a vertiginosa,
Cidade vaporosa.
Por um último momento
Caminhei até ao parapeito da vida.

Autor: André Consciência (HornedWolf) in À Beira-Lua
A ouvir: Stars Of The Lid - The Lonely People (Are Getting Lonlier)
Imagem: Julia Starr

14 comments:

  1. "Toda a natureza é uma harmonia divina, sinfonia maravilhosa que convida todas as criaturas a que acompanhem sua evolução e progresso."
    (Tsai Chih Chung)

    ...se as nossas cidades fossem assim...que bela seria a humanidade...Abraços

    ReplyDelete
  2. Por causa deste post fui ver que tal estava esta minha obra e é best seller da editora.

    Devia estar a festejar, comprar champanhe e camas de veludo negro com o dinheiro que não ganhei e jogar à ruleta russa na minha ilustre companhia.

    ReplyDelete
  3. "Se tenho as mãos ocupadas, escrevo com os olhos..." Cheguei, li-te e adorei.

    ReplyDelete
  4. Vim agradecer a visita que fizeste ao meu cantinho, já há uma data de tempo e...confesso que fiquei furiosa comigo mesma por não ter vindo mais cedo: adorei isto aqui :)

    Voltarei :)*

    ReplyDelete
  5. Lobo, será sempre um prazer mostrar o que escreves... e deves festejar sim...escrevendo mais!


    Kisss...

    ReplyDelete
  6. 0.04,

    E eu gosto mesmo de te ver por aqui...


    Kisss...

    ReplyDelete
  7. Gothicum,

    Se alguém as vê assim, então... não está tudo perdido...


    Kisss...

    ReplyDelete
  8. Marlene,

    Obrigado em nome do autor do poema...


    E Kisss...

    ReplyDelete
  9. João Pedro,

    Agradeço a tua chegada e as tuas palavras...


    Kisss...

    ReplyDelete
  10. Frankie,

    E eu agradeço de volta a tua visita a este meu espaço...que vou decorando, simples e livre de obrigações...
    É bom ver-te por cá!:)


    Kisss...

    ReplyDelete
  11. A torre eleva a Lua no seu esplendor. Respirar tonturas, absorver

    ReplyDelete